Nossa proposta é ampliar a atuação na Agroecologia, agindo de forma participativa junto às comunidades rurais e urbanas necessitadas, afim de realizar trabalho orientado para Organização Popular

Notícias

Revolução dos Baldinhos fecha o ano com 29,5 toneladas de resíduos reciclados

 Explicação e acolhimento. Clique na imagem para ver o álbum

O projeto Revolução dos Baldinhos realizou no último dia 19 um seminário de avaliação, dirigido às famílias envolvidas e às novas em vias de aderir. Após 1 ano de atividades, o trabalho já registra a marca de 29,5 toneladas recicladas, de resíduos orgânicos separados de baldinho em baldinho pelas 60 famílias participantes.
Rose Helena Rodrigues, que é hoje funcionária do projeto ao lado da Ana Carolina Conceição, lembra que no início era voluntária e circulava pela comunidade com uma carrinho de supermercado, resgatando apenas 5 baldinhos por dia de coleta. Hoje, numa forma integrada entre residências e 30 PEV´s (Pontos de Entrega Voluntária), com recolhimento 2 vezes por semana, o sistema já processa 6 toneladas mensais de sobras, que antes atraíam ratos e agora tornam-se puro adubo orgânico.
Coordenado pelo Cepagro e financiado na primeira etapa pela Eletrosul, o programa recebeu em outubro o prêmio de Meio-Ambiente do CESE, garantindo a manutenção das 2 funcionárias e inclusão de 2 assistentes da própria comunidade para o próximo semestre. Com metas de chegar a 100 famílias e coletar 50 toneladas ao ano, a iniciativa depende agora de um trator Tobata (a coleta é feita num precário carrinho de mão) e de uma nova área para acomodar as leiras de compostagem, onde são processadas as sobras.
Configurando o caráter comunitário da Revolução dos Baldinhos, o projeto ganhou até um Rap, composto pelos MC´s Alan e Maicon. Confira a letra:

O bonde dos baldinhos tá chegando de cantinho
Mostrando pra você qual é a dos baldinhos (3x)

Se você fica jogando lixo na rua
Está acabando com nosso planeta
Alimentando os vermes e as baratas
Fora o maldito do rato que rasgas as sacolas lá de casa

Aí não dá...
A doença do rato eu não vou pegar
To fora...

É aí que o balde entra, mostrando a humildade
A Lene e a Carol
Fazendo essa fita de bondade
São os baldinhos, eu vou explicar:
Elas levam o balde em casa pra você coletar
Resíduos de comida
E você vai ver, isso vai mudar sua vida

O bonde dos baldinhos tá chegando de cantinho
Mostrando pra você qual é a dos baldinhos (3x)

Mano é muito fácil
É só botar os resíduos no balde
E depois despejarem em mais outro balde
Aí leva os resíduos e faz a compostagem

Com esta compostagem plantaremos muitas árvores
Nós estamos de boa
E a Eletrosul está com nós e não a toa
Também to ajudando to fazendo a minha parte
A creche, o Dodô eles estão com a gente
Fora o pátio do América e a nossa Horta
Com as planats que eles doam pra comunidade


MC´s Alan e Maicon defendem o Rap dos Baldinhos